Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
3

Estado está a perder 200 ME em impostos por não fiscalizar "oficinas ilegais"

Lusa 22 de Outubro de 2014 às 13:13

A Associação Nacional do Ramo Automóvel (ARAN) estimou hoje que o Estado esteja a perder anualmente 200 milhões de euros em impostos por não proceder à devida fiscalização das cerca de 2500 oficinas ilegais que existirão no país.

O presidente da associação, que representa um universo da ordem das 2000 empresas de todo o país, afirmou em declarações à Lusa, que "cerca de 40% da atividade oficinal portuguesa escapa a impostos, por estar ilegal ou não passar fatura. Por ano, cerca de 900 milhões de euros em faturação poderão assim passar ao lado do fisco".

Para chegar a esses números, António Teixeira Lopes teve em conta que o mercado português da reparação automóvel integra atualmente cerca de 6700 oficinas legais e valerá à volta de 2.250 milhões de euros, com base em dados que situam em 450 euros o custo médio anual com a manutenção de cada um dos cinco milhões de veículos que circulam no país.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)