Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
4

Estados Unidos instaram Cuba a acabar com as prisões "arbitrárias" dos jornalistas

2 de Maio de 2014 às 03:40

Os Estados Unidos instaram hoje Cuba a acabar com as prisões "arbitrárias" dos jornalistas, a parar de "silenciar" as vozes independentes e a cessar as suas "restrições" à liberdade de imprensa e expressão.

A porta-voz adjunta do Departamento de Estado, Marie Harf, destacou um caso de "perseguição" a um jornalista cubano como parte da campanha desta semana para marcar o Dia Internacional da Liberdade de Imprensa, comemorado a 03 de maio.

"A imprensa independente em Cuba continua a ser ilegal, mesmo depois do país ter assinado normas internacionais e da ONU. Os jornalistas que trabalham em Cuba têm sido constantemente perseguidos e detidos. Os repórteres veem muitas vezes os seus equipamentos e documentos confiscados", explicou Marie Harf.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)