Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
9

Esteban Chaves é o primeiro líder 'real'

A terceira etapa decorre na segunda-feira.
23 de Agosto de 2015 às 18:52
O colombiano Esteban Chaves (Orica-GreenEDGE) tornou-se hoje no primeiro líder 'a sério' da Volta a Espanha em bicicleta, ao vencer a segunda etapa, que terminou em Caminito del Rey, onde os favoritos se começaram a mostrar.

Depois de o contrarrelógio coletivo da véspera não ter contado para a classificação individual, os ciclistas partiam para a segunda etapa a 'zero', com Chaves a vencer no alto da contagem de terceira categoria, com um segundo de vantagem sobre o holandês Tom Dumoulin (Giant-Alpecin) e nove sobre o irlandês Nicolas Roche (Sky).

"É a minha primeira vitória numa corrida de três semanas e ainda por cima conseguindo a liderança, deixa-me feliz. A partir de agora tudo será diferente. A ideia era colocar-me numa posição muito boa para começar a subida, a equipa trabalhou muito e bem", disse Chaves.

Numa etapa em que o português José Gonçalves foi um dos animadores, vencendo o prémio de combatividade depois de ter integrado uma fuga de seis ciclistas, os favoritos mostraram-se pela primeira vez, com o colombiano Nairo Quintana (Movistar) a conquistar alguns segundos e o italiano Vincenzo Nibali (Astana) a ser o mais prejudicado.

Ainda antes do início da subida, Nibali ficou envolvido numa queda coletiva e acabou por ceder 1.38 minutos para Chaves.

Na subida, Quintana foi o primeiro dos favoritos a mostrar as 'garras', cortando a meta na sexta posição, a 26 segundos do vencedor e em igualdade com o espanhol Joaquim Rodríguez (Katusha), um dos 'outsiders' da prova.

O britânico Chris Froome (Sky), vencedor da Volta a França, perdeu quatro segundos para o seu 'vice' no Tour, enquanto o espanhol Alejandro Valverde (Movistar) cedeu mais um.

André Cardoso (Cannondale-Garmin) foi o primeiro português a cortar a meta, 54 segundos depois do vencedor, alcançando o 19.º posto, à frente de Sérgio Paulinho (Tinkoff-Saxo) e Ricardo Vilela (Caja Rural), que foram 32.º e 35.º, a 1.46 e 1.58 minutos, respetivamente.

Depois de ter estado na fuga do dia, José Gonçalves foi 51.º, a 2.54 minutos, enquanto Tiago Machado, chamado à última hora pela Katusha, terminou em 76.º, a 7.13, e Nelson Oliveira (Lampre-Merida) foi 186.º, a 20.54.

Na segunda-feira, o pelotão da corrida espanhola vai enfrentar os 158,4 quilómetros da terceira etapa, entre Mijas e Málaga, numa viagem com duas contagens de montanha, uma de primeira e outra de terceira categoria.
Esteban Chaves Volta a Espanha ciclismo Málaga José Gonçalves Quintana Chris Froome Málaga
Ver comentários