Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
4

EUA consideram ataque a jornalista moçambicano atentado às liberdades

Lusa 28 de Março de 2018 às 15:53

A embaixada dos EUA em Maputo considerou hoje o rapto e a agressão do jornalista e comentador político moçambicano Ericino de Salema um ataque contra a liberdade de expressão e imprensa, condenando veementemente o ato.

"Embora não se saiba quem são os perpetradores ou a sua motivação para levar a cabo este crime hediondo, tal ato de violência contra um respeitado jornalista em frente ao Sindicato Nacional de Jornalistas é um ataque à liberdade de expressão e liberdade de imprensa, pilares sobre os quais qualquer democracia deve assentar", refere uma nota da embaixada norte-americana em Maputo.

Os EUA, continua a nota, defendem uma investigação exaustiva e transparente para assegurar que os responsáveis por este ataque sejam levados à justiça.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)