Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
9

EUA renovam sanções contra Birmânia apesar dos progressos

Sanções impedem empresas e cidadãos norte-americanos de investirem no país.
16 de Maio de 2014 às 10:56

O Presidente norte-americano, Barack Obama, renovou as sanções contra a Birmânia, apesar de assinalar que foram feitos progressos nas reformas do país.

Obama, que realizou uma visita histórica à Birmânia em 2012, anunciou a renovação das sanções numa carta enviada, na quinta-feira, ao Congresso, apesar de reconhecer significativos progressos em áreas-chave.

As sanções impedem empresas e cidadãos norte-americanos de investirem na Birmânia.

Entre os avanços destacados, figura a libertação de mais de 1.100 prisioneiros políticos, os progressos para um cessar-fogo nacional, bem como a legalização de sindicatos e as melhorias das condições laborais do país e a concessão de uma maior liberdade de associação e expressão, indicou Obama, na missiva, de acordo com a agência AFP.

Barack Obama Birmânia sanções
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)