Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto

Eurojust não comenta processo disciplinar

O Eurojust recusou comentar a abertura de um processo disciplinar ao seu presidente, José Luís Lopes da Mota, destinado a averiguar alegadas pressões a dois procuradores que investigam o caso Freeport.
13 de Maio de 2009 às 11:46
José Luís Lopes da Mota
José Luís Lopes da Mota FOTO: d.r.

Questionado pelos jornalistas, o porta-voz do Eurojust, Joannes Thuy, alegou tratar-se de um caso nacional, pelo que a instituição não tem nada a comentar enquanto não houver uma decisão oficial do Governo português.

Ontem, o Procurador-geral da República determinou a abertura de um processo disciplinar a José Luís Lopes da Mota sobre alegadas pressões sobre os procuraores que investigam o caso Freeport.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)