Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
9

Eusébio deverá ter alta na segunda-feira

O médico da selecção portuguesa de futebol, Henrique Jones, afirmou este domingo, após ter visitado Eusébio no hospital Josef Strus, em Poznan, que o antigo está em condições de ter alta na segunda-feira.

24 de Junho de 2012 às 14:16
"Neste momento, o Eusébio está bem, está estável, esteve a rir e a falar connosco", disse Henrique Jones
'Neste momento, o Eusébio está bem, está estável, esteve a rir e a falar connosco', disse Henrique Jones FOTO: Pedro Ferreira

"Neste momento, o Eusébio está bem, está estável, esteve a rir e a falar connosco. Está em condições de ter alta amanhã [segunda-feira] e só não tem alta hoje porque há que repetir os exames que fez hoje e que vieram normais, quer os exames de sangue, quer os exames de imagem estão normais, e é só por precaução que o Eusébio vai ficar mais um dia, repetir os exames e se estiver bem terá alta amanhã", explicou Henrique Jones.

O clínico, que visitou Eusébio na companhia do vice-presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) Humberto Coelho e do director desportivo federativo, Carlos Godinho, justificou o internamento do embaixador da selecção portuguesa.

"O Eusébio ontem [sábado] teve uma indisposição, decidimos que era bom ir ao hospital fazer algumas análises de sangue e cardíacas. Fez, mostrou algumas alterações próprias da sua doença - é um individuo permanentemente vigiado do ponto de vista cardíaco - e face a essas alterações decidimos que tinha de fazer exames mais rigorosos. É nesse contexto que vem para este hospital, onde fez uma coronariografia para excluir qualquer problema cardíaco", sublinhou.

Henrique Jones disse desconhecer a vinda da esposa de Eusébio, que tinha sido anunciada pelo porta-voz da unidade hospitalar, garantindo que a "família e o médico João Sá, do Hospital da Luz, que segue Eusébio, estão ao corrente das decisões tomadas em relação ao seu estado", desde "o primeiro momento".

"Não sei, como as coisas estão a correr tão bem e não há qualquer alarmismo penso que não haverá necessidade", referiu o clínico.

O médico salientou que a FPF pretende assegurar o regresso de Eusébio a Portugal, admitindo que as "emoções" vividas no encontro dos quartos-de-final do Euro’2012 possam ter contribuído para esta indisposição, reconhecendo que, "do ponto de vista cardiológico", não é aconselhável que assista ao encontro das meias-finais, frente à Espanha, na quarta-feira.

 

eusébio henrique jones euro 2012 futebol meias-finais hospital fpf
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)