Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
6

Ex-edil condenado a 5 anos e 10 meses de prisão

O antigo presidente da Câmara Municipal de Celorico da Beira, Júlio Manuel dos Santos, foi esta segunda-feira condenado a cinco anos e dez meses de prisão, estando ainda proibido de exercer cargos públicos durante cinco anos.
18 de Junho de 2007 às 18:45
O ex-autarca foi condenado, em cúmulo jurídico, pelos crimes de corrupção passiva para acto ilícito, peculato, branqueamento de capitais e abuso de poder.
O processo de investigação ao ex-presidente da Câmara teve origem numa denúncia anónima. Os crimes foram praticados durante o exercício das funções de presidente, que Júlio santos exerceu entre 1984 e Abril de 2002, quando foi suspenso no decurso do inquérito relacionado com este processo.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)