Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto

Ex-presidente da Câmara de Estremoz começou a ser julgado por peculato de uso

Lusa 10 de Abril de 2019 às 19:20

O ex-presidente da Câmara de Estremoz Luís Mourinha, eleito por um movimento independente, que está acusado pelo Ministério Público de dois crimes de peculato de uso, começou hoje a ser julgado no tribunal da cidade alentejana.

Luís Mourinha, que foi eleito pelo Movimento Independente por Estremoz (MiETZ), é acusado de, em 2013 e 2014, ter efetuado "duas viagens de lazer e em proveito próprio, em viatura do município, ao Estádio da Luz, em Lisboa", para assistir a dois jogos do Benfica.

Segundo a acusação, o então autarca deslocou-se de Estremoz, no distrito de Évora, a Lisboa, no dia 10 de dezembro de 2013, para assistir ao jogo Benfica-PSG e no dia 07 de abril de 2014, ao jogo Benfica-Rio Ave.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)