Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
1

Ex-prisioneiro de Guantánamo sírio termina greve de fome e vai deixar Uruguai - ativistas

Lusa 23 de Outubro de 2016 às 02:17

Um ex-prisioneiro de Guantánamo colocado no Uruguai em 2014, que iniciou uma greve de fome para pedir a transferência para outro país para se juntar à família, abandonou o protesto após receber uma oferta, indicaram, no sábado, ativistas.

Jihad Diyab terminou a greve de fome, iniciada há mais de dois meses, e vai viajar para um novo país, anunciou o grupo Vigília por Diyab, sem especificar qual.

"Ele recebeu uma oferta para viajar", indicou o grupo, em comunicado, sublinhando que, embora não resolva o seu problema, é "um grande passo".