Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
3

Ex-embaixador moçambicano e adido financeiro em Moscovo acusados de corrupção - oficial

Lusa 29 de Março de 2016 às 15:23

O Gabinete Central de Combate à Corrupção (GCCC) de Moçambique anunciou hoje em comunicado ter deduzido acusação contra um antigo embaixador moçambicano e um adido financeiro em Moscovo por alegado desvio de oito milhões de meticais (137 mil euros).

Segundo a nota de imprensa, distribuída hoje à comunicação social, o roubo ocorreu entre 2003 e 2016 e consistiu no processamento de salários a favor de funcionários já desvinculados da embaixada, pagamento fictício de passagens aéreas e de serviço de reparação de viaturas, bem como pagamento de ajudas de custo a favor dos filhos dos dois alegados implicados.

"Para lograr os seus intentos, os referidos funcionários apoderaram-se de valores monetários colocados à sua disposição para efeitos de gestão corrente da missão diplomática onde exerciam funções", refere o comunicado do GCCC.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)