Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
2

Famalicão, Guimarães e Braga relançam Prémio Alberto Sampaio suspenso há sete anos

Lusa 15 de Dezembro de 2015 às 19:38

Os municípios de Vila Nova de Famalicão, Guimarães e Braga decidiram, após sete anos de interregno, relançar o Prémio de História Alberto Sampaio, com um novo regulamento sob a tutela científica da Academia das Ciências de Lisboa.

A câmara de Famalicão anunciou hoje que a esta autarquia, bem como à sua homologa de Guimarães e à instituição vimaranense Sociedade Martins Sarmento, entidades iniciais instituidoras do prémio aquando da sua criação em 1995, junta-se agora o município de Braga, cidade onde Alberto Sampaio completou os estudos que lhe dariam acesso à Universidade de Coimbra.

A decisão de relançar este prémio foi tomada sexta-feira numa cerimónia na Academia das Ciências de Lisboa, entidade que vai integrar a comissão coordenadora e ficar responsável pela tutela científica do galardão.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)