Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
8

Famílias das vítimas apelam à solidariedade

Os familiares das vítimas da queda da ponte de Entre-os-Rios, informaram, esta quinta-feira, que não se encontram em situação financeira favorável para custear a parte que lhes cabe na construção do seu centro para menores em risco, apelando à solidariedade portuguesa.
19 de Julho de 2007 às 16:56
A obra social “A Ponte”, para acolher 16 crianças em risco, que está a ser construída na freguesia da Raiva, Castelo de Paiva, estando a sua apresentação oficial calendarizada para a primeira semana de Setembro. O custo total da obra é de 600 mil euros, tendo a AFVTE-R – Associação de Familiares das Vítimas da Tragédia de Entre-os-Rios – comparticipar com 70 mil euros.
O presidente da AFVTE-R, Horácio Moreira, indicou que a situação só pode ser ultrapassada recorrendo, “à solidariedade de pessoas, empresas e entidades de todo o país”.
Os cerca de 20 mil euros obtidos do caso da queda da ponte, foram gastos no projecto do centro e nas despesas relacionadas com o processo judicial que culminou, a 20 de Outubro de 2006, com a absolvição de seis engenheiros acusados pelo Ministério Público de não terem feito o que estaria ao seu alcance para evitar o colapso da ponte.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)