Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
2

Federação Nacional diz que nada se alterou e avança com greve

Lusa 27 de Janeiro de 2016 às 12:37

A Federação Nacional da Função Pública confirmou hoje a greve da administração central na sexta-feira, para reivindicar a reposição imediata das 35 horas, uma vez que "nada se alterou" para a suspensão da paralisação.

"Queremos confirmar que os trabalhadores da função pública vão fazer greve no dia 29 porque nada se alterou que permita que se possa suspender esta greve. Temos um objetivo central que é a reposição imediata das 35 horas", afirmou a coordenadora da Federação, Ana Avoila, em conferência de imprensa.

A 11 de janeiro, a Federação Nacional dos Sindicatos dos Trabalhadores em Funções Públicas, filiada na CGTP, anunciou uma greve da administração central para 29 de janeiro, para pressionar o Governo a repor o horário de trabalho semanal de 35 horas na administração pública o mais depressa possível e não no segundo semestre do ano.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)