Fenprof avança com manifestação ou greve se Ministério continuar sem respostas

Mário Nogueira apelou à antecipação da reunião prevista para 6 de junho.
Por Lusa|26.05.17
  • partilhe
  • 0
  • +

A Fenprof vai avançar com uma manifestação nacional ou greve em junho, caso o Ministério da Educação continue sem apresentar respostas a reivindicações dos professores, informou esta sexta-feira o secretário-geral da federação, Mário Nogueira.

"Apela-se ao Ministério da Educação e ao Governo a antecipação da reunião prevista para 6 de junho. Antecipação essa que deverá levar a que a reunião se realize até 31 de maio, ou seja até à véspera das decisões da Fenprof relativamente à posição e à luta a desenvolver", afirmou Mário Nogueira.

Caso não haja "respostas ou sendo insatisfatórias, o que está em cima da mesa será a realização de uma grande manifestação de professores ou, em alternativa ou até cumulativamente, de greve ou greves durante o mês de junho", realçou.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!