Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
2

Fenprof põe em causa números do Governo sobre remoção de amianto nas escolas

A Fenprof lamenta que não se avance com a remoção do amianto nem nos 52 casos que o Governo considera prioritários.

2 de Maio de 2014 às 20:29

A Federação Nacional dos Professores (Fenprof) pôs em causa, esta sexta-feira, os números do Governo sobre escolas sem amianto afirmando que há casos onde "a remoção foi apenas parcial".

Na última quarta-feira o Ministério da Educação disse que tinham sido retiradas coberturas com amianto em 147 escolas, em 2013, e que vão começar obras com fim idêntico em mais 150 estabelecimentos de ensino. Esta sexta-feira, num comunicado divulgado após uma reunião com a organização ambientalista Quercus, a Fenprof diz que não foi ainda possível verificar a situação nas 147 escolas referidas pelo Governo mas que já foi possível perceber que a remoção não foi concluída, "ao contrário" do que afirmou o Ministério.

Fenprof Governo remoção amianto escolas
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)