Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
8

Fenprof recorre de decisão do tribunal sobre escolas com amianto

Ministério da Educação não será obrigado a divulgar lista até estar completa.
22 de Maio de 2014 às 15:01

A Federação Nacional dos Professores (Fenprof) entrega esta quinta-feira, no tribunal, o recurso da decisão judicial, segundo a qual o Ministério da Educação não tem de divulgar a lista das escolas que contêm amianto na construção, até esta estar completa.

"A lista está incompleta, mas já passaram dois anos. Dizer que não se divulga uma lista incompleta porque ainda não acabou o prazo tem todo o sentido. Dizer que não se divulga porque ainda está incompleta, passados dois anos de terminar o prazo, isso era o ministério ficar mais 20 anos sem completar a lista", disse à agência Lusa o secretário-geral da Fenprof, Mário Nogueira.

Na sequência de uma ação movida pela Fenprof, o Tribunal Administrativo de Círculo de Lisboa decidiu, na semana passada, que o Ministério da Educação não será obrigado a divulgar a lista de edifícios com amianto sob a sua tutela, enquanto a listagem não estiver completa.

fenprof amianto lista tribunal recurso
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)