Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto

Festroia avança mesmo com menos 60 mil euros (COM VÍDEO)

O 25.º Festroia – Festival Internacional de Cinema de Setúbal vai avançar entre os dias 4 e 13 de Setembro, apesar dos cortes orçamentais de 12 por cento.
5 de Agosto de 2009 às 17:02
Michael Madsen já participou em 170 filmes e recebe Prémio Carreira
Michael Madsen já participou em 170 filmes e recebe Prémio Carreira FOTO: D.R.

Em conferência de imprensa, a organização do festival sublinha que a verba agora é de 447 mil euros, menos 60 mil euros do que em 2008.

Algo que não afecta a direcção do festival que garante, em comunicado, que o referido corte ‘não afectou a programação, nem vai afectar a qualidade’.

Entre os constrangimentos apontados para esta edição do Festróia está um corte em 30 mil euros no apoio concedido pela Câmara Municipal de Setúbal, a retirada da Chamartín e a diminuição da verba concedida pelo Instituto do Cinema e do Audiovisual.

‘Também a Entidade Regional de Turismo de Lisboa e Vale do Tejo pretendeu diminuir o seu apoio de 32.500 euros para cinco mil euros, um corte que ronda os 85 por cento’, salientou a directora do Festroia, Fernanda Silva, na apresentação do projecto.

A 25.ª edição do festival vai entregar o prémio de carreira ao actor norte-americano Michael Madsen, que já possui um currículo de mais de 170 filmes e que ganhou nome em ‘Cães Danados’ ou ‘Kill Bill’ de Quentin Tarantino. Por isso, o festival vai estrear ‘Last Hour’, filme do actor com direcção de Pascale Caubet e que foi um dos últimos trabalhos de David Carradine.

O Festroia vai também homenagear o cinema da República Checa e apostar nos ciclos ‘Cinema Negro’ e ‘Através do Universo’.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)