Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
6

FIFA: Ex-presidente da Associação de Futebol Argentino cobrou 13 ME em subornos - EUA

Lusa 28 de Maio de 2015 às 04:39

A Justiça norte-americana assegura que Julio Grondona, falecido ex-presidente da Associação de Futebol Argentino (AFA), recebeu subornos no valor de 15 milhões de dólares (13 milhões de euros).

O relatório apresentado na quarta-feira pela Procuradora-Geral dos Estados Unidos, Loretta Lynch, sobre a sua investigação por corrupção à FIFA, afirma que "o presidente da Conmebol e os presidentes das federações do Brasil e Argentina" receberam subornos de 15 milhões de dólares.

Estes subornos foram pagos pela empresa Datisa - dos empresários argentinos Alejandro Burzaco e Hugo e Mariano Jinkis - em troca de um contrato para realizar a Copa América 2015 (Chile), a Copa América do Centenário 2016 (Estados Unidos) e mais duas edições desta competição, em 2019 e 2023.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)