Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
8

Fogo em Abrantes reacendeu e já queimou 1500 hectares

Uma das duas colunas nacionais de socorro para incêndios florestais foi mobilizada hoje para combater as chamas em Abrantes, depois do fogo ter reacendido esta madrugada. Mais de 300 bombeiros combatem o incêndio.
21 de Agosto de 2007 às 15:06
O incêndio florestal começou na última segunda-feira e foi dado como circunscrito na madrugada de hoje. O vento intenso que se tem feito sentir veio, no entanto, reacender as chamas, tornando-se de novo num incêndio não circunscrito.
Durante a segunda-feira, o vento condicionou o fogo a um “comportamento anómalo”, com muitas projecções, algumas a 300 metros. Nesta circunstâncias, os bombeiros viram-se na contigência de combater várias dezenas de focos, numa área de cerca de mil hectares.
A coluna nacional de socorro deslocou-se da região de Lisboa, com meios materiais e 106 bombeiros, oriundos da região da capital e de Setúbal, juntando-se aos cerca de 200 elementos, nomeadamente três pelotões militares e dois grupos de reforço, de bombeiros de Portalegre e de Leiria, que já estavam na zona compreendida entre Abrantes, Sardoal e Mação.
Às 15h00, um balanço provisório apontava para 1500 hectares de floresta destruídos pelo fogo, não circunscrito, que era combatido por 316 bombeiros, apoiados por 89 veículos, quatro máquinas de arrasto e quatro aerotanques pesados
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)