Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
9

Folio arranca com exposição inédita de Júlio Pomar em Óbidos

Lusa 19 de Julho de 2016 às 14:11

Uma exposição inédita de 20 obras, condensando as três fases de Júlio Pomar sobre D. Quixote, marca, na quinta-feira, o arranque da programação da segunda edição do Folio - Festival Literário Internacional de Óbidos.

"Esta exposição permite que se vejam, pela primeira vez, em simultâneo, obras de todas as fases do pintor sobre um dos universos que ele mais visitou ao longo da sua carreira, mostrando a relação de Pomar com a obra de Cervantes, ao longo de quase meio século", explica Alexandre Pomar, curador da exposição, citado numa nota de imprensa da organização do Folio.

De acordo com o filho do pintor e presidente da Fundação Júlio Pomar, a mostra consiste numa seleção de 20 obras, "feita propositadamente para o Folio", com um duplo objetivo: assinalar "o quarto centenário sobre a morte de Miguel de Cervantes [1616], figura maior da literatura e autor de 'Dom Quixote'", e "fazer a pintura de Júlio Pomar participar num festival que se destaca pela forma como relaciona as artes plásticas com a literatura".