Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
1

Formação de docentes e metodologias de ensino devem ser revistas em Timor-Leste - ministro

Lusa 28 de Outubro de 2016 às 04:15

Os melhores resultados das escolas de referência de Timor-Leste, com professores portugueses e timorenses, mostram que a formação de docentes e a metodologia de ensino são essenciais para fortalecer a capacidade dos alunos, disse hoje o ministro da Educação.

António da Conceição disse que os currículos dos Centros de Aprendizagem e Formação Escolar (CAFE), conhecidos como escolas de referência, e as restantes escolas do ensino público timorense são idênticos e que a única diferença é a capacidade dos professores e as metodologias de ensino.

"O que se vê de diferente nas CAFE é a atitude, a forma de ensinar dos professores portugueses e a sua relação com os alunos. São questões específicas que fazem com que o estudante se sinta psicologicamente mais satisfeito na sala de aula e mais ambientado a estudar", disse à Lusa, em Díli.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)