Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
7

Fraude académica é maior entre alunos com menor média

Trabalho do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra.
2 de Maio de 2014 às 09:52

A predisposição para a fraude académica no ensino superior em Portugal é maior nos estudantes do sexo masculino, com menor média e cujos agregados familiares têm rendimentos mais elevados, conclui um estudo da Universidade de Coimbra (UC).

"Em Portugal, a predisposição para cometer fraude académica é maior nos estudantes do sexo masculino" e nos "alunos cujo percurso pré-universitário foi maioritariamente feito em escolas privadas", revela em estudo que está a ser desenvolvido pelo Centro de Estudos Sociais (CES) da UC.

A fraude académica também é cometida com mais frequência por alunos com "menor média" e cujos pais "têm maior grau de escolaridade e o agregado familiar rendimentos mais elevados", conclui a mesma investigação, que envolveu "uma amostra de 7.292 alunos de licenciatura ou mestrado integrado", refere uma nota da UC hoje divulgada.

fraude académica ensino superior Portugal universidade Coimbra centro estudos sociais
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)