Freira processada por Katy Perry morre em tribunal

Devota de 89 anos tinha vendido convento à cantora, mas depois mudou de ideias.
Por Daniela Espírito Santo|11.03.18
Catherine Rose Holzman, uma freira de 89 anos, colapsou e morreu em tribunal durante um processo movido por Katy Perry e que envolvia a venda de um convento.

O inusitado processo começou quando a cantora pop quis comprar um antigo convento em Los Angeles, decisão aceite pelas freiras católicas que detinham a propriedade do espaço. No entanto, as freiras voltaram atrás na decisão depois de verem vídeos de Katy Perry e a considerarem pouco católica...

Mais tarde, decidiram vender a mesma propriedade a uma empresária, que pretendia transformar o espaço, onde as freiras já não habitavam, num complexo hoteleiro de luxo.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!