Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
2

Fundo de Estabilização da Segurança Social detém mais de 2% da PT

6 de Maio de 2014 às 18:25

A Portugal Telecom (PT) anunciou hoje que o Instituto de Gestão de Fundos de Capitalização da Segurança Social (IGFCSS), na qualidade de entidade gestora do Fundo de Estabilização Financeira da Segurança Social (FEFSS), detém mais de 2% da operadora.

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a PT adianta que foi notificada a 30 de abril pelo IGFCSS "na qualidade de entidade gestora do Fundo de Estabilização Financeira da Segurança Social" de que esta entidade "passou a deter uma participação qualificada superior a 2% dos direitos de voto correspondentes ao capital social" da operadora.

"Esta situação resultou da operação de redução de capital social realizada pela PT, a 10 de dezembro de 2008, de 28.277.855,31 euros para 26.895.375,00 euros. Na sequência desta operação, o FEFSS passou a deter 20.474.902 ações ordinárias representativas de 2,28% do capital social da PT e dos correspondentes direitos de voto".

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)