Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
5

Funerárias suspeitas de pagarem a polícias

PSP recebem para aconselhar agências às famílias.
28 de Novembro de 2016 às 08:47
Caixão
Caixão FOTO: Christian Vuong / iStockphoto

Agências funerárias estão a ser investigadas pelo Ministério Público por, alegadamente, pagarem comissões a agentes da PSP, avança o Público. Os polícias são suspeitos de receberem dinheiro para aconselharem as agências em questão às famílias que acabaram de perder entes queridos quando se deslocam às casas.

Representantes da PSP e das funerárias já foram punidos na qualidade de testemunhas, após as denúncias terem surgido no site Tugaleaks.

Funerárias situadas em Almada e no Laranjeiro estão na mira, mas a publicação avança que "esta é uma prática que poderá estar disseminada e a ser investigada noutros pontos do país".

"Há agentes que recebem 400 a 600 euros por defunto", afirmou um agente ao jornal.

Ministério Público PSP Almada Laranjeiro funerárias pagamento comissões
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)