Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
3

Gestores com contratos por objectivos

O Ministério das Obras Públicas, Transportes e Comunicações, Mário Lino, pretende implementar medidas de responsabilização dos gestores públicos em todas as empresas e organismos sob sua tutela, nomeadamente fazer depender parte dos salários da eficiência e dos objectivos alcançados.
3 de Maio de 2006 às 19:31
O ministro anunciou que a TAP, CTT, CP e Carris serão as primeiras empresas cujos gestores passarão a ter um contrato por objectivos, sendo que nas restantes empresas tuteladas pelo Ministério das Obras Públicas, Transportes e Telecomunicações, entre as quais a ANA e as Estradas de Portugal, a Refer, STCP, o processo far-se-á gradualmente à medida que ocorram as assembleias gerais ou sejam iniciados novos mandatos.
Uma fonte oficial do ministério, citada pelo “DE”, garantiu que o objectivo é que o plano esteja totalmente implementado até ao final do corrente ano, depois de uma fase de adaptação durante os próximos meses, assinalando que a implementação deste modelo nos institutos será mais demorada, atendendo a que vai depender da reforma da administração pública.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)