Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
2

Governo britânico analisa caso Litvinenko

O caso da morte do ex-espião russo Alexander Litvinenko, vítima de alegado envenenamento por uma substância radioactiva conhecida por Polónio-210, está a ser discutido esta segunda-feira numa nova reunião de emergência entre vice-ministros do governo britânico, convocada pelo ministro do Interior, John Reid.
27 de Novembro de 2006 às 10:24
Reid preside a uma comissão denominada Cobra, integrada por vice-ministros e funcionários de diferentes departamentos, para avaliar a ameaça que representa a descoberta de Polónio-210. Trata-se da substância radioativa detectada num restaurante, num hotel e na casa do ex-espião russo e que provocou a sua morte.
A comissão em causa já se tinha reunido na sexta-feira, quando foi anunciada a causa da morte do ex-agente.
Litvinenko, conhecido pelas suas críticas ao presidente russo, Vladimir Putin, morreu quinta-feira na sequência de uma grande dose de radiação emitida pelo Polónio-210.
A Agência de Proteção da Saúde HPA sublinhou que o risco de contágio radioactivo é muito baixo, embora tenha recomendado aos clientes do restaurante japonês de um hotel de Londres que entrassem em contato com o NHS para fazer exames de urina.
A 1 de Novembro, quando adoeceu repentinamente, Litvinenko esteve nestes dois locais públicos em diferentes encontros com dois compatriotas, um dos quais é um ex-agente do KGB (antigo serviço de espionagem soviético) e com o professor italiano Mario Scaramella, fonte de bons contactos no mundo da espionagem.
Aparentemente, Scaramella teria fornecido ao ex-espião nomes de pessoas que poderiam estar envolvidas no assassínio da jornalista russa Anna Politkovskaya, opositora do Kremlin, crime que estava a ser investigado por Litvinenko.
Alexander Litvinenko, de 44 anos, foi coronel do Serviço Federal de Segurança (antigo KGB, o qual Putin chefiou) e vivia desde 2001 como refugiado no Reino Unido, onde o Governo lhe tinha concedido nacionalidade britânica.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)