Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
3

Governo colombiano e FARC assinaram acordo de paz

Acordo para acabar com 52 anos de guerra civil.
Lusa 25 de Agosto de 2016 às 01:00
O chefe negociador das FARC Ivan Marquez cumprimenta o chefe negociador do Governo Humberto de la Calle
O chefe negociador das FARC Ivan Marquez cumprimenta o chefe negociador do Governo Humberto de la Calle FOTO: Alexandre Meneghini/Reuters

O Governo colombiano e as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC) anunciaram na quarta-feira um acordo de paz sem precedentes, depois de quatro anos de duras negociações em Cuba, para acabar com 52 anos de guerra civil.

"Chegámos a um acordo para a paz final, completa e final", lê-se num texto assinado por ambas as partes e lido pelo diplomata cubano Rodolfo Benitez, em Havana, sede das negociações da Colômbia, desde novembro de 2012.

A guerra, que começou em 1964, é o último grande conflito armado nas Américas e provocou a morte a 260.000 pessoas, deslocou 6,8 milhões e deixou 45.000 desaparecidos.

Ao longo dos anos, atraiu vários grupos rebeldes de esquerda e paramilitares de direita. Os cartéis de droga também têm alimentando a violência no maior país produtor de cocaína no mundo.

Os três anteriores processos de paz com as FARC terminaram em fracasso.

Mas depois de uma grande ofensiva das forças governamentais entre 2006 e 2009, as FARC, enfraquecidas, concordaram em sentar-se à mesa das negociações.

O acordo agora anunciado ainda tem de ser aprovado pelos colombianos em referendo.

O principal rival do atual chefe de Estado, Juan Manuel Santos, o antigo chefe de Estado Alvaro Uribe, lidera a campanha para o "não", argumentando que o seu sucessor deu muito às FARC.

O Governo da Colômbia prossegue a luta contra o grupo rebelde Exército da Libertação Nacional.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)