Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
8

Governo de Macau aberto ao envio de professores de chinês para Portugal

Lusa 2 de Dezembro de 2016 às 12:24

O Governo de Macau considerou hoje "uma boa sugestão" a proposta apresentada por deputados de enviar professores para Portugal para ensinarem chinês, e prometeu reforçar também os cursos para alunos lusófonos na cidade.

"Macau é um lugar muito privilegiado para o ensino das duas línguas [português e chinês]. Perguntaram-me se é possível levarmos professores de Macau para ensinar chinês em Portugal. Acho que é boa sugestão. Sei que Portugal já acolhe professores chineses vindos da China para irem lá ensinar o mandarim. Na altura da administração portuguesa, a missão de Macau em Portugal tinha já cursos de cantonês para portugueses, não sei se ainda estão a funcionar. Se não [estão], espero que os serviços competentes pensem nisto", disse hoje Alexis Tam, secretário para os Assuntos Sociais e Cultura, durante o segundo dia de debate setorial das Linhas de Ação Governativa.

Quando, em outubro, o ministro da Educação português visitou Macau, manifestou vontade de aumentar o número de professores chineses em Portugal e em reforçar laços com as autoridades educativas de Macau. Tiago Brandão Rodrigues falou do projeto-piloto de ensino de mandarim com duração de três anos e que inclui 11 professores chineses que ensinam mandarim em 12 escolas, número que pretendia duplicar.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)