Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
9

Governo francês admite encerrar até 17 centrais nucleares até 2025

Ministro da ecologia quer reduzir consumos e apostar nas fontes renováveis.
Lusa 10 de Julho de 2017 às 08:59
Central Nuclear em França
Central Nuclear em França
Central Nuclear em França
Central Nuclear em França
Central Nuclear em França
Central Nuclear em França
Central Nuclear em França
Central Nuclear em França
Central Nuclear em França

O ministro francês da Ecologia, Nicolas Hulot, disse esta segunda-feira que a França vai encerrar "até 17" reatores nucleares antes de 2025, para cumprir o objetivo sobre a transição energética no país.

"Toda a gente tem de entender que para alcançar o objetivo vai ser preciso encerrar reatores (...) provavelmente até 17. Temos de ver o que se vai passar", disse o ministro em entrevista à estação de rádio RTL.

Hulot reiterou a ideia de que para se conseguir atingir a meta estabelecida pela lei de transição energética é preciso baixar o consumo e diversificar a produção de energia o que vai permitir "encerrar um número de reatores".

O ministro acrescentou que os planos de encerramento devem considerar "a situação económica, social e de segurança", fatores diferentes em cada central.

Na quinta-feira, o ministro francês da Ecologia apresentou um plano climático que incluiu a proibição de venda de automóveis a gasolina ou gasóleo a partir de 2040, em França.

No caso da produção do carvão para fins energéticos, a França quer também encerrar, até 2022, cinco por cento das centrais do combustível fóssil.

Sendo assim, a aposta nas energias renováveis deve conhecer um aumento de 32 por cento até 2030.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)