Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
8

Governo nega aumento de funcionários públicos

O ministério das Finanças negou, esta quinta-feira, a existência de um aumento de 10.166 funcionários públicos durante o primeiro semestre de 2006, explicando que os dados divulgados pelo ‘Diário Económico’ resultam da contratação de funcionários que trabalham a recibo verde e passaram para contrato fixo, a avençados e tarefeiros.
20 de Julho de 2006 às 12:00
O ministro das Finanças, Teixeira dos Santos
O ministro das Finanças, Teixeira dos Santos FOTO: d.r.
Na edição desta quinta-feira, o “Diário Económico”, citando o Boletim de Execução Orçamental da Direcção-geral do Orçamento, noticia que o Governo não conseguiu reduzir o número de funcionários públicos nos primeiros seis meses de 2006, período em que entraram para a Administração Pública 22.420 pessoas, quando se reformaram apenas 12.254.
Em reacção à notícia, a tutela afirma que os dados divulgados resultam de uma comparação incorrecta entre dados da Segurança Social e da Caixa Geral de Aposentações, que não contempla todos os processos de movimentações na Função Pública, substituições ou contratados que saiam.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)