Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
8

Governo vai investir 454 milhões nas forças de segurança

António Costa anuncia verba a aplicar em equipamentos e infraestruturas até 2021.
28 de Novembro de 2016 às 17:50
Primeiro-ministro inaugurou esta segunda-feira o novo quartel da GNR de Magualde
Primeiro-ministro inaugurou esta segunda-feira o novo quartel da GNR de Magualde FOTO: Nuno André Ferreira/Lusa
Mais de 450 milhões de euros deverão ser investidos no programa de modernização e operacionalidade das forças e serviços de segurança sob a tutela do Ministério da Administração Interna, disse esta segunda-feira o primeiro-ministro, António Costa.

Ao discursar na cerimónia de inauguração do novo quartel da GNR de Mangualde, António Costa considerou que "quer a edificação de novos equipamentos, quer a recuperação de outros já existentes, são um fator relevante de desenvolvimento local e regional e um sinal indelével de equidade territorial".

A aprovação de "uma proposta de lei de programação de infraestruturas e equipamentos para as forças e serviços de segurança sob a tutela do Ministério da Administração Interna" possibilitou "estabelecer um programa de investimentos na modernização e operacionalidade das instalações, sistemas e tecnologias de informação e comunicação, veículos, armamento e outro equipamento indispensável à prossecução dos serviços" por elas desenvolvidos, explicou.

Esses investimentos serão realizados entre 2017 e 2021 e têm um "valor estimado de 454 milhões de euros", acrescentou.

Segundo António Costa, no que respeita às infraestruturas, este programa de modernização visa "dotar as forças e serviços de segurança com instalações adequadas às suas reais necessidades, garantindo as indispensáveis condições de dignidade" a todos que precisam dos serviços ali prestados.

O governante lembrou a importância de Portugal continuar a ser considerado "um dos países mais seguros", porque isso tem um "valor económico imaterial absolutamente determinante para atividades como o turismo" e "a atração do investimento estrangeiro".

O primeiro-ministro aludiu ao recente relatório internacional Global Peace Index, que "concluiu que Portugal é o quinto país mais pacífico do mundo, o que se traduziu numa assinalável subida de nove lugares face a 2015".

Neste âmbito, destacou que "a criminalidade registada durante o primeiro semestre do corrente ano registou uma acentuada e consistente descida face a igual período do ano transato, com um decréscimo de 12,6% na denominada criminalidade violenta e grave e de 8% da criminalidade em geral".

"Este clima de segurança por nós evidenciado, aliado a outros fatores decisivos inigualáveis, é um fator relevante e decisivo de desenvolvimento interno e, simultaneamente, vem-nos conferindo uma marca de destino cada vez mais procurado e de inegável qualidade", frisou.

Ministério da Administração Interna António Costa GNR PSP investimento 454 milhões
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)