Governo vai propor lei para haver mais mulheres nas administrações das empresas

Por Lusa|08.03.16
  • partilhe
  • 0
  • +

O Governo vai propor este mês aos parceiros sociais medidas que promovam a representação equilibrada de mulheres e homens nos conselhos de administração, antecipando uma diretiva europeia bloqueada há anos e transformando-a em lei interna, foi hoje anunciado.

As quotas para mulheres e os incentivos às empresas que promovam a igualdade, ou penalizações para quem não o faça, são alguns dos instrumentos a ser discutidos com os parceiros sociais no âmbito desta "agenda da paridade".

No encerramento de uma conferência sobre igualdade de género, o ministro-adjunto, Eduardo Cabrita, anunciou que o Governo quer "colocar a participação das mulheres nos lugares de gestão - quer das empresas do setor publico, mas também das empresas do setor privado, a começar pelas empresas cotadas em bolsa -, como um tema de agenda", que será levado já em março ao Conselho Económico e Social.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!