Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
9

Campos e Cunha defende "estabilidade governativa"

Antigo ministro pede calma aos políticos.
Lusa 19 de Novembro de 2015 às 13:19
O antigo ministro disse ser muito importante que os agentes políticos tenham "outra calma e outra posição face aos problemas nacionais"
O antigo ministro disse ser muito importante que os agentes políticos tenham 'outra calma e outra posição face aos problemas nacionais' FOTO: Mário Cruz/Lusa

O antigo ministro das Finanças Luís Campos e Cunha defendeu esta quinta-feira a necessidade de "estabilidade governativa" e apelou à calma dos agentes políticos e ao fim dos ataques pessoais que "não contribuem para um clima de estabilidade".


"A estabilidade governamental é necessária para garantir outro tipo de estabilidade muito mais fundamental para a economia portuguesa, a estabilidade das leis fiscais, a estabilidade das leis laborais, sem as quais não pode haver previsibilidade e não havendo previsibilidade não há investimento e a economia portuguesa poderá entrar novamente em recessão", afirmou Luís Campos e Cunha, em declarações aos jornalistas à saída de uma audiência com o Presidente da República.


Insistindo que é "crucial" a estabilidade legal do ponto de vista fiscal e do ponto de vista laboral, o antigo ministro das Finanças enfatizou que é também muito importante que os agentes políticos tenham "outra calma e outra posição face aos problemas nacionais".

Campos e Cunha
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)