Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
7

Israel endurece penas para a "guerra das pedras"

Tensão em Jerusalém leva a 20 anos de prisão para quem atire pedras.
Lusa 2 de Novembro de 2014 às 13:44
Penas têm com objetivo restabelecer a calma e a segurança em Jerusalém
Penas têm com objetivo restabelecer a calma e a segurança em Jerusalém FOTO: Getty Images

O Governo israelita aprovou este domingo penas mais pesadas para quem atire pedras, que podem chegar a 20 anos de prisão, uma decisão numa altura de aumento de tensão em Jerusalém.

O primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, analisou este domingo na reunião semanal do Conselho de Ministros os recentes distúrbios em Jerusalém, sublinhando depois que "Israel está a tomar medidas vigorosas contra os terroristas e os que lançam pedras, bombas incendiárias, petardos e foguetes".

"Tudo isto tem como objetivo restabelecer a calma e a segurança em toda a Jerusalém. Ordenei um reforço massivo e que sejam usados meios adicionais para garantir a lei e a ordem na capital de Israel", justificou.

Governo Jerusalém
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)