Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
9

GRANDE OFENSIVA SOBRE BAGDAD

Está em curso um violento bombardeamento das tropas aliadas em Bagdad. As sirenes antiaéreas voltaram a soar cerca das 17h00 de Lisboa. Também a cidade de Mosul, a norte do Iraque, está sob fogo intenso dos aviões norte-americanos e britânicos.
21 de Março de 2003 às 18:12
As imagens televisivas mostram grandes explosões a Este e no centro de Bagdad. A televisão CNN diz que “começou a maior ofensiva até ao momento, que se pode prolongar por um ou dois dias”. O complexo presidencial de Saddam encontra-se envolto em chamas, depois de ter sido atingido por cerca de 12 mísseis.

De acordo com o Pentágono, o objectivo desta fase, que inclui o lançamento de 3 mil bombas guiadas, é surpreender e aterrorizar os líderes iraquianos, esperando que estes se rendam.

Este pode ser um ataque com os aviões B-52. Os aviões que esta manhã saíram, do Reino Unido, carregados de bombas.

Além de Bagdad, também Mosul e Kirkuk, no Norte do país, está a ser bombardeado por aviões.

O secretário de Defesa norte-americano, Donald Rumsfeld, afirmou que este ataque tem o objectivo de mostrar aos iraquianos que a era de Saddam Hussein acabou. "O regime iraquiano está a começar a perder o controlo da situação", disse Rumsfeld numa conferência de imprensa no Pentágono.

O rensponsável pela defesa norte-americana pediu aos soldados iraquianos que não obedeçam a ordens para o uso de armas de destruição maciça. Donald Rumsfeld garantiu que estão a ser tomadas todas as medidas para que não sejam atingidos civis.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)