Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
3

GREVE GERAL NA SAÚDE DIA 19

Os profissionais da Saúde vão cumprir uma greve geral no próximo dia 19 contra as alterações propostas pelo Governo à Lei de Gestão Hospitalar, no sentido de admitir parcerias dos hospitais públicos com o sector privado.
4 de Julho de 2002 às 17:35
A Plataforma Sindical da Saúde anunciou a data da paralisação de 24 horas em frente da Assembleia da República, onde os deputados debatem, precisamente esta tarde, a nova Lei de Gestão Hospitalar. O protesto, do qual apenas faltava saber a data, junta enfermeiros, médicos, auxiliares, técnicos de diagnóstico e pessoal administrativo. Apenas o Sindicato Independente dos Médicos se demarcou da greve, alegando que esta tem motivos políticos.

As propostas de alteração à Lei de Gestão Hospitalar, hoje aprovadas em Conselho de Ministros, pretendem, precisamente, viabilizar parcerias entre o público e o privado, com os hospitais a puderem ceder a exploração de alguns serviços a entidades particulares. A proposta inclui ainda a concretização de admissões por contracto individual de trabalho.

Os sindicatos alegam que estas alterações vão estimular a precaridade do emprego no sector e “espartilhar o Serviço Nacional de Saúde”. Esta é a segunda greve que o ministro Luís Filipe Pereira enfrente. Na passada sexta-feira, trabalhadores administrativos, auxiliares e operários da Saúde cumpriram um dia de greve.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)