Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
9

Gripe A com 94 casos confirmados desde o início do ano

As autoridades sanitárias dos Açores registaram 94 casos de Gripe A desde o início do ano, mantendo-se a doença "nos níveis esperados", segundo a directora regional da Saúde, Sofia Duarte.
18 de Fevereiro de 2011 às 17:49

"Não há motivo para alarme", frisou Sofia Duarte, salientando que o primeiro caso registado este ano nos Açores ocorreu na última semana de Janeiro, tendo sido detetados desde essa altura "81 em S. Miguel, nove na Terceira, um em S. Jorge, um no Pico e outro no Faial".  

A directora regional da Saúde assegurou que as unidades de saúde da região estão preparadas para esta estirpe, que admitiu ser "mais contagiosa", apesar de frisar que "acaba por ser uma gripe corrente dos nossos dias".  

Apesar de o número de casos estar a baixar no continente, na região ainda há alguns registos porque, segundo Sofia Duarte, "a gripe chegou mais tarde aos Açores".  

A directora regional salientou, no entanto, que há menos casos do que no ano passado, o que se deve a uma melhor precaução da população.  

"Desde o momento que houve um ressurgimento da gripe, reforçamos as medidas de etiqueta respiratórias e a higienização das mãos", afirmou, acrescentando que "reforçar etiquetas também ajuda a combater outras patologias".  

Sofia Duarte deixou um apelo à vacinação, que "está sempre disponível de forma gratuita" nos centros de saúde, recordando que a vacinal sazonal (trivalente) desta época é eficaz contra os vírus da gripe que circulam actualmente.  

A directora regional considerou ainda que a Linha Saúde Açores "tem sido uma mais-valia" e "uma resposta eficaz", acrescentando que recebe, em média, 30 chamadas por dia.  

As chamadas são atendidas por dois técnicos que fazem um despiste das situações que devem ser encaminhadas para as unidades de saúde.  

saúde gripe a gripe ministério da saúde
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)