Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto

Gripe A: Diagnóstico tardio põe em risco saúde de grávida

Uma grávida de sete meses passou por três hospitais diferentes da zona da Grande Lisboa até lhe ser diagnosticada a infecção pelo vírus H1N1. O bebé acabou por nascer prematuramente, estando sob vigilância médica no Hospital Dona Estefânia.
20 de Agosto de 2009 às 19:14
Gripe A: Diagnóstico tardio põe em risco saúde de grávida
Gripe A: Diagnóstico tardio põe em risco saúde de grávida FOTO: d.r.

Aos primeiros sintomas de gripe, a mulher dirigiu-se ao Hospital São Francisco Xavier. De seguida, foi atendida no Hospital Amadora-Sintra, onde lhe foi prescrito o medicamento Ben-u-ron. Posteriormente, já com quadro de pneumonia e a necessitar de ventilação, a doente dirigiu-se ao Hospital da Luz, onde, finalmente, lhe foi diagnosticada a infecção por gripe A. 

A mulher encontra-se agora internada no Hospital Curry Cabral, um dos destacados para o tratamento da doença, e é uma das nove doentes referidas hoje pela Ministra da Saúde Ana Jorge que se encontra com prognóstico reservado.

Recorde-se que no Hospital de São João, no Porto, está internada em estado grave, uma mulher de 30 anos, cujo diagnóstico de gripe A foi igualmente tardio.

 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)