Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
7

Grupo armado que ocupou parque natural nos EUA foi absolvido

Sete pessoas barricaram-se em edifício público durante 40 dias.
28 de Outubro de 2016 às 05:18
Foto do grupo que foi absolvido
Foto do grupo que foi absolvido FOTO: Reuters

Um tribunal de Oregon, Estados Unidos, absolveu na quinta-feira o grupo de sete homens armados que, entre janeiro e fevereiro deste ano, se barricou durante 40 dias num edifício público de um parque natural.

Durante uma operação policial contra os ocupantes do edifício, a 26 de janeiro, o porta-voz do grupo morreu.

Todos os acusados foram absolvidos dos crimes de conspiração e uso de armas, acusações que, caso fossem provadas, representariam penas de prisão.

O Ministério Público defendeu que os homens armados usaram força e ameaças para ocupar o edifício e impediram os funcionários de se deslocarem ao seu local de trabalho.

No entanto, o júri considerou que os homens exerceram o seu direito de manifestação contra excessos governamentais e que não representaram uma ameaça para os funcionários públicos.

O grupo, liderado pelos irmãos Ammon e Ryan Bundy, ocupou a reserva Malheur, em Oregon, a 02 de janeiro, como parte de um protesto e em apoio a dois homens condenados por realizarem queimadas num terreno rural do Governo sem autorização.

Os irmãos Bundy foram detidos a 26 de janeiro, mas outros resistiram até 11 de fevereiro, quando os agentes do FBI rodearam o edifício em que estavam barricados.

Oregon Estados Unidos Ministério Público Ammon Ryan Bundy Governo FBI crime lei e justiça polícia
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)