Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
9

Daesh ainda tem até 20 mil 'jihadistas' na Síria e Iraque

O responsável admitiu que "há uma grande preocupação" com um eventual ressurgimento do Daesh.
Lusa 15 de Março de 2019 às 17:20
Ataque ao último reduto do Daesh obriga retirada de dois mil civis de vila na Síria
Ataque ao último reduto do Daesh obriga retirada de dois mil civis de vila na Síria
Ataque ao último reduto do Daesh obriga retirada de dois mil civis de vila na Síria
Último reduto ao Daesh obriga retirada de dois mil civis de vila na Síria
Ataque ao último reduto do Daesh obriga retirada de dois mil civis de vila na Síria
Ataque ao último reduto do Daesh obriga retirada de dois mil civis de vila na Síria
Ataque ao último reduto do Daesh obriga retirada de dois mil civis de vila na Síria
Ataque ao último reduto do Daesh obriga retirada de dois mil civis de vila na Síria
Último reduto ao Daesh obriga retirada de dois mil civis de vila na Síria
Ataque ao último reduto do Daesh obriga retirada de dois mil civis de vila na Síria
Ataque ao último reduto do Daesh obriga retirada de dois mil civis de vila na Síria
Ataque ao último reduto do Daesh obriga retirada de dois mil civis de vila na Síria
Ataque ao último reduto do Daesh obriga retirada de dois mil civis de vila na Síria
Último reduto ao Daesh obriga retirada de dois mil civis de vila na Síria
Ataque ao último reduto do Daesh obriga retirada de dois mil civis de vila na Síria

O enviado especial dos Estados Unidos para a Síria, James Jeffrey, afirmou esta sexta-feiea que o grupo extremista Estado Islâmico (EI) ainda tem até 20.000 militantes na Síria e no Iraque, embora já não controle territórios.

"Cremos que existem entre 15.000 e 20.000 seguidores do EI, seguidores armados ativos, embora muitos integrem células adormecidas na Síria e no Iraque", indicou Jeffrey numa conferência de imprensa através da Internet.

O responsável admitiu que "há uma grande preocupação" com um eventual ressurgimento do Estado Islâmico, adiantando que, apesar de já não contar com um exército organizado ou com armamento pesado, o grupo é "capaz de funcionar como organização terrorista e como insurgência a baixo nível" e é "muito ativo em parte do Iraque".

Estados Unidos James Jeffrey EI Estado Islâmico Internet Iraque política
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)