Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
2

Grupo radical islâmico reivindica morte de refém italiano

O italiano Salvatore Santaro, sequestrado na quarta-feira em Ramadi, no Iraque, terá sido executado pelo grupo radical islâmico Mujahideen, segundo noticiou a televisão árabe ‘al-Jazeera’.
16 de Dezembro de 2004 às 16:38
Num vídeo divulgado pela al-Jazeera, o grupo acusa Santaro de trabalhar para os Estados Unidos. Nas imagens o refém surge com uma arma apontada à cabeça. Salvatore Santoro havia viajado para o Iraque para trabalhar como voluntário numa organização não governamental britânica.
Nos últimos meses, verificou-se um aumento de sequestros e assassinatos de cidadãos italianos.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)