Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
7

Grupo designado Estado Islâmico reivindica atentado de Carachi contra xiitas

Lusa 13 de Maio de 2015 às 23:24

O grupo designado Estado Islâmico reivindicou o ataque a tiro a um autocarro no Paquistão, que transportava membros da minoria xiita ismaelita, e que matou 43 pessoas, alegadamente o seu primeiro atentado neste país.

A reivindicação deste grupo, feita através da rede social Twitter, é suscetível de agravar os receios com a influência desta organização extremista, baseada no Médio Oriente, uma vez que esta ação sucede ao anúncio, feito em janeiro, da criação de um ramo numa região que engloba o Afeganistão, o Paquistão e partes dos países vizinhos.

"Graças a Alá, foram mortos 43 apóstatas e cerca de 30 foram feridos", declarou o grupo, em declaração feita em Árabe.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)