Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
9

Guerilha das FARC reconhece ter matado soldado na Colômbia

Lusa 19 de Março de 2015 às 02:49

A guerrilha das FARC, que observa um cessar-fogo ilimitado desde dezembro na Colômbia, reconheceu hoje ter matado um soldado em combates recentes cuja responsabilidade atribuiu ao exército.

"Lamentamos a morte" do soldado, mas "ela poderia ter sido evitada se o governo não atacasse a guerrilha durante a trégua", disse Pastor Alape, um dos comandantes das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC).

Envolvida nas negociações de paz em curso há mais de dois anos em Cuba, a principal guerrilha colombiana, que ainda tem cerca de 8.000 combatentes, reivindica regularmente às autoridades de Bogotá a suspensão das operações militares contra si mesma.