Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
3

‘Guerra do gás’ perto do fim

A Comissão Europeia (CE) garantiu esta sexta-feira que estão reunidas as condições necessárias para que seja retomado “de imediato” o abastecimento de gás russo no espaço comunitário através da Ucrânia.
9 de Janeiro de 2009 às 14:06
‘Guerra do gás’ perto do fim
‘Guerra do gás’ perto do fim FOTO: D.R.

O anúncio foi feito pelo porta-voz para a área da Energia, Ferrán  Tarradellas, em conferência de imprensa, que, apesar de reconhecer a falta de "um compromisso formal sobre quando será retomado o fluxo” de combustível, acredita que o fornecimento “seja retomado de imediato”.

A Rússia poderá, no entanto, necessitar de “pelo menos três dias” para reiniciar o abastecimento de gás devido a motivos técnicos e às grandes distâncias geográficas, alertou o representante da CE.

Ferrán Tarradellas anunciou também que os observadores europeus começam a chegar esta sexta-feira à Ucrânia e à Rússia para verificar o fornecimento do combustível.

No total, a União Europeia vai enviar 18 especialistas de empresas de gás e de operadores de redes e quatro funcionários da CE, que terão como responsabilidade a coordenação da missão.

O primeiro-ministro russo, Vladimir Putin, já “prometeu que desde que os observadores estejam mobilizados na fronteira entre a Rússia e a Ucrânia poderão ser retomados os abastecimentos”.

 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)