Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
3

Guerrilha colombiana anuncia decisão de libertar reféns

Pessoas são mantidas pelo Exército de Libertação Nacional há mais de um mês.
Lusa 4 de Setembro de 2018 às 08:06
Membros do Exército de Libertação Nacional
Exército de Libertação Nacional
Membros do Exército de Libertação Nacional
Exército de Libertação Nacional
Membros do Exército de Libertação Nacional
Exército de Libertação Nacional

A guerrilha colombiana do Exército de Libertação Nacional (ELN) informou esta terça-feira que vai libertar os reféns que mantém há mais de um mês, mesmo sem qualquer acordo com o Governo, rejeitando de antemão a responsabilidade por possíveis incidentes.

"Decidimos proceder por nossa iniciativa à libertação dos reféns, sob risco de não se conseguirem garantir as condições mínimas para o sucesso das operações humanitárias", informou o ELN num comunicado divulgado em Havana, Cuba.

O ELN também pede o apoio dos países que apoiam o processo de paz na Colômbia, da ONU e da Igreja para que a libertação dos reféns fosse acompanhada, acrescentando que "responsabiliza as forças armadas por qualquer incidente fatal que possa ocorrer durante estas operações humanitárias".

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)