Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto

Guerrilheiros dissidentes da Renamo sem ligação a ataques no centro de Moçambique -- polícia

Lusa 2 de Outubro de 2019 às 16:37

A Polícia da República de Moçambique (PRM) disse hoje que os ataques armados contra viaturas no centro do país, que já provocaram alguns feridos desde agosto, não estão associados a guerrilheiros dissidentes da Renamo.

"Não há nenhuma informação que ligue esses indivíduos [que praticam os ataques] à autoproclamada Junta Militar da Resistência Nacional Moçambicana (Renamo)", criada em junho, referiu Orlando Modumane, porta-voz da PRM em conferência de imprensa, em Maputo.

A PRM considera que se trata de "criminosos não identificados" que realizam "ataques esporádicos" em Manica e Sofala e refere que "há uma investigação em curso" para os deter.