Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
9

Guiné Equatorial foi o último país a assinar Compacto Lusófono com Banco Africano

Lusa 10 de Outubro de 2019 às 18:22

O Governo da Guiné Equatorial assinou com o Banco Africano de Desenvolvimento (BAD) o Compacto Lusófono, um modelo de financiamento e assistência técnica mais favorável, tornando-se o último país lusófono a aderir a este novo modelo.

"A assinatura do Compacto é um elemento importante na nossa estratégia de fortalecer e diversificar o setor privado", disse o ministro das Finanças da Guiné Equatorial, Cesar Abogo, salientando o "papel central do setor privado e das parcerias público-privadas", segundo um comunicado divulgado pelo BAD.

No documento, distribuído hoje, lê-se que o acordo foi assinado na segunda-feira e que contou com a presença de 50 empresários e agentes empresariais, alguns da Câmara de Comércio de Bata, que depois se reuniram também com a direção do Fórum de Investimento Africano, encarado pelo BAD como "uma plataforma única para o país mostrar as suas oportunidades de investimento à comunidade global de investidores".

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)