Barra Cofina

Correio da Manhã

Cm ao Minuto
3

Guiné Equatorial vai ter apoio do Banco Africano de Desenvolvimento

Diversificação da economia e das políticas sociais.
6 de Agosto de 2014 às 07:56

O Banco Africano de Desenvolvimento (BAD) avançou esta quarta-feira que vai apoiar a segunda fase do Plano Nacional de Desenvolvimento Económico e Social da Guiné Equatorial, um anúncio feito após a visita do presidente da instituição a Malabo.

De acordo com informação enviada hoje à agência Lusa pelo BAD, esta segunda fase do plano de desenvolvimento do país visa sobretudo a diversificação da economia e das políticas sociais, mas não adianta qualquer valor de investimento.

A primeira fase deste plano, recorda o BAD, foi dedicada essencialmente à "construção de infraestruturas de grande escala" no país.

"O desenvolvimento de infraestruturas deve ser distribuído no tempo para que seja financeiramente sustentável", defende o presidente do banco africano, Donald Kaberuka, que se reuniu entre 30 de julho e 1 de agosto, em Malabo, com o Presidente da Guiné Equatorial, Teodoro Obiang.

A Guiné Equatorial é o mais recente membro da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP). Imediatamente antes da visita oficial a Malabo, Kaberuka esteve em Angola, onde também se reuniu com o Presidente angolano, José Eduardo dos Santos.

Banco Africano de Desenvolvimento BAD Plano Nacional de Desenvolvimento Económico e Social da Guiné Equatorial
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)